#day63 – acerca da abundância

Vivemos em tempos cheios. Tão cheios de tudo que parecem abundantes de nada. É preciso não confundir excessos com abundância. 

Abundância é acima de tudo ligação. Aquelas cordas que nos ligam ao que nos faz feliz, ao que nutre o mundo. Essas mesmas ligações que trazem mais do que sabemos que nos vai preencher por dentro. E é importante preenchermos os nossos dias disso. Disso mesmo. Do que nos nutre. Do que nos trás uma sensação quentinha cá dentro. 

Ensinam-nos a vida toda a poupar, a ter medidas, a fazer contenções, a viver olhando para a escassez. Mas deviam ter-nos ensinado a observar e a viver intensamente a abundância a nossa volta, e usufruir dela com respeito. A diferença está na forma como nos sentimos no mundo. Como percepcionamos o que temos e o que desejamos. A diferença está em sintonia verdadeiramente que temos tudo o que precisamos é não viver a reforçar o que não temos. Por mais clichê que pareça, a vida ensina-me todos os dias a tirar um contentamento sem fim de um raio de sol, de um pássaro que se passeia por aí ou daquele abraço que tinha deixado saudades. A vida devolve o lugar onde estamos emocionalmente e segue por aí a reforçar as situações que nos mesmo alimentamos. Alimentemos assim a vida que queremos ter, e ela não tardará a bater-nos a porta. Nessa altura, é só deixar entrar ❤️

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s