#day107 – ninguém nasce com um corpo perfeito 

Ninguém nasce com um corpo perfeito. E provavelmente, nunca ninguém terá um. Continuo a observar um vil preconceito acerca de como um corpo deve ou não ser. Que curvas e arcaboiço deve demonstrar e que simetrias deve ter à partida para ser considerado bonito. Pois vos digo que a beleza do corpo vem de dentro. Desse cuidado externo que se gera quando se olha para dentro. Ora, de que me adianta a mim correr todos os dias no calçadão se ando triste por por exemplo não me sentir amada? Que mensagem acham que passa mais para o corpo? A saúde pelo exercício ou o definhar pela tristeza.

Da mesma forma acho curiosas as pessoas que reunem a capacidade extraordinária de só comer biológico, vegano, sem glúten e local para depois serem tóxicas nos comentários consigo e com os outros. O que acham que influencia mais o PH do corpo? Uma alimentação alcalina ou o sabor ácido do rancor? Um corpo perfeito cria-se morrendo de amores por ele. E não me venham dizer que só há genética nisso. Poderia haver, mas tudo se transforma. Quantos e quantos exemplos extremos que não se veem na internet transformados e superados. Verdadeiros heróis que mais do que as conquistas do corpo desejado, o que mudou foi a atitude, o amor próprio e essa capacidade nos aceitarmos como somos. Quando ganho peso a mais, olho pouco para o que estou a ingerir. Olho mais para que emoções me estão a gerar carências que me levam aos excessos de consumos disto e daquilo que não me faz bem. E também não me culpo quando quero e preciso de comer uma tablete inteira de chocolate “naquele dia do mês”. São momentos. E até os momentos de desiquilibrio devem ser aceites como fazendo parte do caminho para o equilíbrio geral. Gosto tanto tanto de cuidar de mim que acho que é por isso que passo tanto tempo a limpar a lixo interno que persista. O corpo perfeito não vem de um cuidado externo exímio. Vem sim, da capacidade de se reconhecer que a perfeição (para os moldes sociais) não existe e que a beleza vem do cuidado interno. Cuidado esse que nos leva a perceber que na verdade, o nosso corpo é, da forma como os nossos olhos o veem. 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s