#day203 – Do alto de mim

Gosto de olhar a vida por cima. De pescoço esticado e queixo para cima. Não porque me ache superior a ela, mas sim porque acho que devemos ter todos sempre uma perspectiva macro dos nossos dias. É fácil nos perdermos na roda viva das “obrigações” e sairmos do rumo que os nossos sonhos traçaram para nós. Ultimamente tenho trabalhado muito. Muitíssimo. Mais do que achava possível. E tenho dias (normalmente os que não consigo escrever no blog) que me sinto um pássaro muito bem amado, mas na sua gaiola dourada. Há muito tempo que não me sentia assim. Mas são fases. Todos as temos. Por isso subo a serra e olho o horizonte. Para poder olhar o meu percurso de longe e perceber que não me perdi. Os caminhos do coração são sinuosos, mas sempre nos levam onde têm que nos levar. Descanso em mim e reconheço o meu esforço. Nada se atinge sem dedicação. E se eu puder escolher, irei escolher o que o coração me sussurrar dentro. Porque caminhos há muitos, mas só dentro me sinto eu em casa 💕

Anúncios

One Comment Add yours

  1. Se conseguirmos nos encontrar dentro de nós mesmos, não há caminho perdido.

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s