#day248 – esta brisa, nos fios do meu cabelo

Fecho os olhos e sinto o aroma doce. No rosto. Fecho os olhos e deixo-me levar pelo vazio. Pelo som. Pelo vento. Fechos os olhos e ouço o bater das asas. O bater das folhas. O bater o coração. 

Há dias em que tudo bate em mim. Por não vivo sem pulsões de vida. Nada em mim é estagnado. E nada deseja repouso. Mas precisa de descanso. Há dias em que as superfícies são leves, as dores macias e as horas vagarosas. Porque as metas são meras ilusões para quem as cria. Não preciso de chegar a lado nenhum. Porque não me posso esquecer que o meu lugar é aqui. Em mim. Não é nos confins do mundo ou nas distâncias emocionais. É na presença do amor que me tenho. E é na profundidade que me levo. Longe. 

Não há brisa que não me deixe em deleite, nem raio de luz que não me ilumine os passos. Porque vivo desse aroma doce que passa. Pelos fios de cabelo. Que tenho. ❤

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s