#day294 – viver devagar

A vida apressa-me. Tenho sempre vontade de devorar o mundo. De viver como se não fosse ter mais nenhuma oportunidade de ser feliz, senão hoje. Tenho tanta vontade de tanta coisa que nem sei de onde vem tanta força para o tão pouco que acho que coloco no mundo. E depois vem o mundo diz-me que para se viver é preciso que seja com calma. Que é preciso saborear a vida como um momento de degustação, e não se pode perder pelo caminho o prazer que se leva das coisas pequenas. 

Não é a fazer muito em muito pouco tempo que se é necessariamente mais feliz. Porque a felicidade precisa de ter tempo para olhar para si. Digerir os presentes da vida e integrar o que de amargo tem ela também. E depois ser apreciada. Desejada e amada. Passinho a passinho.

É por isso que tenho aprendido a fazer uma coisa de cada vez. Com presença. Discernimento. Amor. É com tempo que surge a qualidade. E não vale a pena continuar a produzir resultados superficiais. Feitos à pressa. Sem a dedicação que os nossos dias merecem. Viver com calma ajuda-nos a sermos inteiros. Vibrantes e felizes. E não adianta fugir à velocidade da luz. Porque a luz, só se encontra dentro. Neste brilho que nos salta pelo olhos quando fazemos o que amamos. Com calma. 

Amo esta vida pacífica. Que sempre que tenho pressa me lembra que nada se faz num só dia. Mas basta um dia só, para percebermos que podemos ser vervadeiramente felizes. A viver devagar. ❤️ 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s