#day296 – só se ama com o coração 

Às vezes insisto em amar com a mente. E tento encaixar os outros na minha definição de amor. Acho, arrogantemente, que a vontade pode caber em caixas e que o desejo não pode escapar do trilho que lhe traço. Às vezes acho que sou superior ao coração, que mando nas suas escolhas. Que sei melhor do que ele o que é bom para mim. 

E depois caio em mim perplexa, e fico com o queixo nas mãos, quando o coração me mostra firmemente, que não. “A caminho” me diz, e eu, vejo ao fundo os passos próximos. É confuso o que a mente não entende. É complicado o que o padrão não deixa. 

Então fecho os olhos e “vou”. Porque amar é sem destino e sem volta. E pelas paragens, me dou. 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s