#day300 – encontrar sem procurar

Sempre fui perita em conseguir o que quero. Não porque me ache de sorte, mas porque sempre corri atrás. Sempre me dei tanto que acabava por conseguir. Achava que esta era a ordem natural das coisas. E continuo a acreditar que profissionalmente isto faz todo o sentido.

Mas depois há a magia da vida. Que nos dá sempre muito mais do que queremos. Se assim o permitirmos. Tem que haver um despojamento total da ideia de ideal e deixar acontecer. Temos que deixar que a vida nos surpreenda. Nos encha de tudo o que não imaginávamos ser possível.

E muitas vezes me esqueço disto. Me esqueço que preciso deixar que a vida aconteça em mim. Preciso que ela me leve aos lugares que preciso ir, e me coloque ao encontro de quem preciso encontrar. Raramente o que era meu o sabia. E se olhar para trás, vivi já muito mais do que pedia.

E muitas vezes me esqueço disto. Quando o ritmo do propósito me cega o passo do encantamento pela vida. E me relembro que precisamos de parar para deixar acontecer. Porque nem de tudo se corre atrás. Há coisas que tentam alcançar-nos e se insistirmos na alucinação do movimento constante, elas nunca nos alcançarão. Digo isto e nem sempre consigo. Mas relembro-me sempre que a vida me chama à razão.

Por isso é preciso parar de procurar tudo. Deixar de percorrer longos caminhos em círculos e abrandar de uma vez por todas para desfrutar. Da vida que se deixa ser vivida, e se deixa ainda por fim, encontrar.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s