#day323 – O mar em mim

Sinto o mar com sinto o coração dentro. Ele pulsa em mim como as manhãs. Que me acordam para as novidades dentro.

Tenho a fúria e a calmaria das ondas. Tenho a imensidão e pequenas gotas do mundo em mim. Tenho a arrogância que só um oceano consegue ter e a doçura salgada de uma água, que ninguém deveria beber.

Sou a benção e o profano. Uma mistura entre areia fina e cascalho que corta. Sou assim. Porque todo o mar, tem também terra em si.

Sou a vida e carrego a morte. De tudo o que não importa mais. Circulam em mim correntes de vontades, que só em mim conseguem elas viver, assim.

Sou fria e cruel. Muitas vezes paradisíaca. Espelhando o céu. Não sou neutra nem constante. Muito menos vazia ou revoltante. Sou o mar em mim. E assim. Vou vivendo o que sou. E o que sempre sonhei para mim. 💕

Anúncios

One Comment Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s