#day324 – sou de ninguém

Sou selvagem. Preciso de sair por aí à desgarrada. A criar o mundo que tenho dentro. Pouco me contenho no aceitável. Vivo feliz no inimaginável. E poucos sabem. Que só assim assim me cumpro. Como Mulher.

É por isso que ninguém me tem. Têm-me o mundo que me compreende. E só quem me compreende. Verdadeiramente me tem. Dentro da coragem que insisto ter, vivo da loucura que me leva a ser. De ninguém.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s