#day343 – profundidade

Adoro o brilho das pessoas profundas. Das que não tiveram medo de ir às entranhas. Das que nunca ficaram à porta dos próprios medos.

Gosto de almas grandes e preconceitos pequenos. Gosto dos sorrisos rasgados de quem se aceita como é.

Adoro o desconforto que sinto quando me ligo a alguém pelos olhos. Que me despem pela intensidade e verdade que projectam.

São raras as pessoas profundas. Quase todas ficam à superfície dos seus medos. Poucas sabem nadar a céu aberto. E menos ainda se libertam dos seus próprios enredos.

E eu, rendo-me ao toque de quem sabe o que faz. Que se diz o que é. E que fala através das suas ações. Rendo-me à coerência. À consistência de carácter. E aos momentos em que me sinto engolida por um túnel mágico. Que me guia até ao centro da terra. E no fundo ao centro da fertilidade de tudo o que eu própria sou.

As pessoas profundas ganham atenção pela presença. Pela qualidade do que entregam. Pela sabedoria oculta. Que se revela. A cada pausa que marcam. Para fazer sair o que acreditam. Com a assertividade do que apenas elas. Sabem. Ser.✨

créditos foto: Paulo Canas

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s